Vídeo: como o padrão feminino de beleza mudou ao longo da história

Barriga chapada, músculos torneados, bumbum empinado e seios fartos. Todos os dias, milhares de mulheres vão a clínicas especializadas em cirurgia plástica buscando se adequar ao padrão atual de beleza – ênfase no “atual”. Afinal, como mostra o vídeo a seguir, produzido pelo site Buzzfeed, as medidas consideradas ideais para o corpo feminino já mudaram muito nos últimos 3000 anos e, claro, tendem a continuar se renovando. Dê o play:

https://m.youtube.com/watch?v=Xrp0zJZu0a4

Egito antigo (1292 a.C. a 1069 a.C.)

As mulheres deveriam ter cabelos longos, rosto simétrico e um corpo magro e alto com cintura e ombros estreitos.

Grécia antiga (500 a.C. a 300 a.C.)

Pele branca, seios fartos, coxas grossas e cintura larga configuravam o padrão da época.

Dinastia Han – China (206 a.C. a 220 d.C.)

A sociedade esperava que as mulheres tivessem olhos grandes, pés pequenos, cintura fina, cabelo longo e bem escuro, dentes brancos e pele pálida.

Renascença italiana (1400 a 1700)

Um corpo arredondado, com quadris largos e seios grandes, era sinônimo de beleza. O padrão ainda impunha pele branca, cabelo loiro e testa grande.

Era vitoriana (1837 a 1901)

A sociedade obrigava as mulheres a vestirem corsets apertados para afinar a cintura o máximo possível. Elas também usavam o cabelo longo como símbolo de feminilidade.

Anos Loucos (década de 1920)

O visual mais desejado era andrógino: sem curvas, com seios pequenos e cabelo curto.

Era do Ouro de Hollywood (1930 – 1950)

Estrelas como Marylin Monroe, com corpo curvilíneo e cintura fininha, eram objeto de desejo.

Década de 1960              

O jogo se inverte e a modelo Twiggy passa a ser o padrão da vez: magra, alta, sem curvas e com aparência adolescente.

Era das supermodelos (1980)

A top Cindy Crawford era a representação da beleza daquele tempo com seu corpo alto, magro, atlético e torneado.

Década de 1990

O corpo extremamente magro e quase andrógino de Kate Moss era o que as mulheres desejavam.

Século XXI

Corpo magro, mas saudável, seios e bumbum grandes, mas barriga chapada. Este é o padrão regente. 

Beijocas

Publicado por Juliana Pinheiro

Anúncios

4 comentários sobre “Vídeo: como o padrão feminino de beleza mudou ao longo da história

  1. Arwen disse:

    Ótimo post e vídeo. Esses dias na sessão reservada da biblioteca achei um livro que tinha tudo haver com o post. Ele mostrava as mudanças nos padrões de beleza e comportamento através dos vestidos de noiva através da história.
    Mostra como o padrão de beleza mudou ao longo do tempo tanto para o olhar masculino quanto para o feminino. A relação do padrão de beleza com o papel social da mulher é uma discussão bem legal e que vale a pena. Pena que não lembro o nome do livro e como era sessão reservada não é permitido reproduzir as gravuras 😦

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s