10 truques para deixar o chocolate na dieta.

image

Não sei quanto a vocês, mas sempre que eu começo uma dieta já fico meio na depressão com saudades do chocolate. Não porque é tão difícil dizer tchau a essa barrinha marrom.

Mas calma, minha nutricionista deu algumas dicas para deixar o chocolate na dieta, sem que ele vire o vilão.

1- Escolha as opções de chocolate amargo que têm um toque de laranja ou menta. Pelo menos até se acostumar com o sabor.

2- Café acompanhado de chocolate cai bem. O calor confere mais conforto ao estômago e a sensação de saciedade se prolonga.

3- Evite estocar o chocolate em casa ou na gaveta do escritório. Compre à medida que for consumindo.

4- Prefira ingeri-lo no lanche da manhã. Assim, ao longo do dia, tende a ficar mais fácil controlar a gula.

5- Outra opção é como sobremesa do almoço. Já saciada, você fica feliz com um pedacinho menor.

image

6- Vai deixar o chocolate para o lanche da tarde? Combine-o com um outro alimento fonte de gordura boa (amêndoa) ou de fibras (fruta). A parceria é importante para reduzir o índice glicêmico.

7- Cacau em pó, sem açúcar e orgânico, também é uma boa opção. Polvilhe-o sobre uma banana assada. A fruta aquecida libera mais triptofano e o chocolate potencializa ainda mais sua ação.

8- O espetinho de fruta (morango, banana, maçã, uva) coberto com chocolate amargo é uma boa alternativa. Além de ser uma delícia, fruta tem fibra e ajuda a saciar mais.

9- Damasco também combina com cacau. Pode derreter até 30 gramas no microondas e coloque por cima de cinco damascos.

10- Compute as calorias da guloseima no total consumido. E lembre-se: a porção diária não deve ultrapassar 30 gramas (uma barra pequena). Comer uma barra grande por dia engorda!

Um beijo da Ju :*

Matar o calor sem “matar” a balança.

Smoothies (macio em inglês) são deliciosas misturas de sucos de frutas, verduras, iogurtes, sorvetes e muitos outros ingredientes, que podem variar desde macadâmias até folhinhas de hortelã, dependendo do gosto e da criatividade de cada comensal. O ideal é que todos os ingredientes sejam utilizados geladinhos ou até mesmo congelados, já que a delícia deve ter uma consistência mais cremosa, como a de um milkshake.

A mania de smoothies começou na década de 60, na California – Estados Unidos. A bebida nasceu da necessidade de se consumir produtos energéticos e de baixa caloria e gordura. Outros tipos de smoothies de frutas também podem ser encontrados em várias partes do mundo, como na área do Mediterrâneo e no Oriente Médio, este sob o nome de sharbat, utilizando iogurte, mel e fruta fresca.

A baixo uma receita ilustrada dos 3 melhores sabores para você fazer o seu smoothies casa.

image

Não esquece de deixar o seu comentário, quero ver vocês fazendo smoothies por ai em 😉

Beijos

Um beijo da Ju :*

12 situações que toda sedentária passa quando começa a malhar

image

1. Começa a malhação toda empolgada até que chega o dia seguinte… que você não consegue sequer andar direito.

“Se vocês precisarem de mim, eu estarei aqui no chão… morrendo.”

2. Isso quando não começam as câimbras bem no meio daquele exercício. Ou, pior, aquela horrível dor no baço!

3. Ou então você começa a correr e vem aquela dor nos flancos.

Conhecida como “dor de lado”, ela geralmente é causada pela falta de preparo físico ou respiração errada.

4. Mas você insiste na corrida e se vê exausta em apenas dois minutos.

5. Sem tempo de comprar peças novas e atualizadas, resgata aquelas antigas roupas de academia que estavam no seu guarda-roupa.

Jura que New Balance e Pakalolo saíram de moda? Ixi.

6. Fica se sentindo um peixe fora d’água quando vê que todo mundo faz aquilo há tempos e parece adorar.

7. E tem que ficar pedindo ajuda para o professor o tempo todo porque já não lembra como se faz mais nada.

8. Isso quando ele não te aborda a cada cinco minutos para te avisar que você está fazendo algum movimento incorreto.

Imagina! Eu levo super jeito pra isso, profe!

9. Você fica olhando para os seus coleguinhas de lado para ver se está fazendo certo.

10. Acaba trombando com ele (a) (ou mesmo com a parede) porque foi pro lado errado.

11. Tem que mudar o peso do aparelho toda hora porque todo mundo parece conseguir levantar mais peso que você.

Não me julgue, ok? :~

12. É ultrapassado por alguém que, supostamente deveria ser menos habilidoso que você.

Publicado por Juliana Pinheiro

Alimentos que estufam a barriga – pra passar bem longe!

1. Bebida com gás

Refrigerante de todos os tipos, inclusive água com gás (aromatizada artificialmente ou não) alteram a mucosa intestinal, causam o desequilíbrio da flora e estufam a barriga. Os diet ou light contêm adoçantes como xilitol, sorbitol e maltiltol que podem provocar gases.

2. Doce, pão e biscoito feitos com farinha branca

Esses alimentos têm alto índice glicêmico, que aumenta a gordura acumulada na região da barriga.

3. Carne vermelha

A proteína desse tipo de carne leva mais tempo para ser digerida. O alimento permanece mais tempo no organismo, o que favorece a prisão de ventre e a formação de gases, aumentando a barriga.

4. Alimentos embutidos como salsicha, linguiça, salame, mortadela

Todos eles contêm muito sódio, que provoca ou aumenta a retenção de líquidos e o inchaço. O efeito você pode ver no mesmo dia sódio, que provoca ou aumenta a retenção de líquidos e o inchaço. O efeito você pode ver no mesmo dia.

Publicado por Juliana Pinheiro

7 mentiras mais lavadas sobre dieta reveladas pelo Vigilantes do Peso

image

A melhor forma de emagrecer é apostar em hábitos de vida saudáveis, com o consumo adequado de água, fibras, frutas, legumes, verduras e alimentos minimamente processados e a prática regular de atividade física. Mas muita gente acredita em informações milagrosas que prometem emagrecer. Os nutricionistas do Vigilantes do Peso listaram as principais mentiras sobre dieta:

Suco detox emagrece

image

O suco detox auxilia no processo de emagrecimento, já que fornece ao organismo vitaminas e minerais, além de promover uma limpeza e estimular a eliminação de toxinas. Mas, isolado, não funciona. Seu consumo precisa estar associado a uma alimentação equilibrada e hábitos de vida saudáveis. Outro ponto importante é não exagerar nos ingredientes, o que pode resultar num aumento das calorias. O ideal é uma verdura (preferencialmente folha verde escura) e, no máximo, duas frutas e um tipo de semente.

Carboidratos engordam

image

Os carboidratos são a principal fonte de energia para o corpo e, portanto, seu consumo é necessário. Mas muita gente confunde, pois, o que engorda é o excesso de calorias consumidas principalmente nas farinhas brancas presentes em pães, massas, bolos e biscoitos, cuja ingestão deve ser reduzida ou substituída por carboidratos complexos, que contenham fibras, como os integrais.

Carboidrato à noite engorda

image

Também não. O ganho de peso acontece quando o consumo de calorias é maior que seu gasto, e isso independe do horário. O excesso de carboidratos, assim como o de gorduras, faz engordar, mas seu consumo noturno não é um fator direto

Dieta para perder peso rápido funciona

image

Elas realmente promovem uma perda de peso rápida, já que costumam ter uma grande restrição calórica. Mas, exatamente por isso, são muito perigosas, pois priva o organismo da quantidade de nutrientes e energia necessários para um emagrecimento saudável. Além disso, depois que a dieta chega ao fim, é comum que o peso perdido seja rapidamente recuperado ou que haja um ganho ainda maior, promovendo o efeito sanfona. 

Alimentos como chia, quinoa, goji berry e outros são milagrosos

image

Não existe nenhum alimento que, por si só, consiga eliminar peso ou gordura. A chia, a quinoa, o goji berry, assim como a linhaça, o óleo de coco, a lichia e outros “alimentos da moda” possuem muitos benefícios para o organismo e podem auxiliar o emagrecimento, mas desde que associados a uma alimentação equilibrada e à prática de atividades físicas.

Eliminar algum macronutriente (carboidrato, gordura, proteína) ajuda a perder peso

image

Excluir qualquer um desses macronutrientes da alimentação significa fazer uma restrição alimentar, que pode sim emagrecer em curto prazo, mas, posteriormente, favorece o ganho de peso, além de poder gerar sérias deficiências nutricionais. A recomendação é de evitar o consumo de frituras e alimentos processados, como biscoitos e bolos, e limitar a gordura saturada (geralmente de origem animal), priorizando a monoinsaturada (de origem vegetal, como o azeite). 

Óleo de coco emagrece e melhora o colesterol

image

O óleo de coco é uma gordura saturada, mas com predominância de triglicerídios de cadeia média (TCMs), que chegam ao fígado mais facilmente, são oxigenados rapidamente e geram energia. Ele pode ser usado para substituir de forma mais saudável outras gorduras saturadas ou hidrogenadas, mas sem exageros. Não há estudos conclusivos sobre o tema e a Sociedade Brasileira de Cardiologia não recomenda seu consumo para quem tem colesterol elevado.  

Publicado por Juliana Pinheiro